Empresas Pet, Gestão de Empresas

Como administrar seu pet shop: confira 10 dicas

Como administrar seu pet shop

Como administrar seu pet shop em um mercado tão competitivo? Como fazer para que ele se diferencie da concorrência?

Entrando na moda das “10 coisas necessárias para atingir um objetivo”, preparei uma pequena lista de atitudes que podem ajudar você a administrar seu pet shop da melhor maneira possível. Vamos conhecê-las?

1 – Faça um balanço do ano que passou

Coloque na ponta do lápis todas as informações possíveis sobre os acontecimentos do último ano. Para administrar seu pet shop, é necessário conhecer o movimento da loja de forma individualizada. Cada estabelecimento tem suas peculiaridades e seu jeito de ser uma entidade geradora de renda.

2 – Faça um inventário

Realize um levantamento de tudo o que seu pet shop possui. A lista inclui estoque, mobiliário, material de uso diário na tosa, material de limpeza, material de propaganda e etc.

Leia também: Como melhorar a gestão de sua clínica veterinária

Um dos maiores erros que percebo na administração de pet shops é a falta total de controle em relação a esses itens. Essa negligência gera um gasto desnecessário, além de impedir o planejamento dos investimentos.

3 – Avalie seu relacionamento com os clientes

A opinião dos consumidores é fundamental para orientar os rumos da administração de um pet shop. Afinal, são eles que geram riquezas para o seu estabelecimento. Faça uma pesquisa de satisfação entre seus clientes e, sempre que possível, converse com eles. Pergunte o que acham dos serviços prestados por sua equipe e se têm alguma sugestão.

Cuidar do relacionamento com os clientes é fundamental para administrar seu pet shop.

Cuidar do relacionamento com os clientes é fundamental para administrar seu pet shop.

4 – Repense a divulgação do seu pet shop

Como foi sua estratégia promocional no decorrer do ano que passou?  Você está presente na lembrança de seu cliente? Acredite, esconder-se é a pior estratégia. Na escuridão, quem aparece é o farol, aquele que sinaliza o caminho. Pense em como você pretende ser esse farol no mercado pet e como administrar seu pet shop para colocá-lo nessa direção.

5 – Alinhe sua equipe

Tenha conversas francas com seus funcionários, para verificar como anda o clima interno do seu pet shop. A sua equipe é a linha de frente de seu serviço, e saber reconhecer esse esforço é fundamental.

6 – Invista em treinamentos

Conhecimento nunca é demais no mercado pet. Por isso, encare o investimento em treinamentos como uma constante. Tanto você quanto sua equipe devem estar sempre atualizados. Afinal, o saber é algo que melhora a administração em todos os níveis.

Investir em treinamento é muito importante para a administração do seu pet shop.

Investir em treinamento é muito importante para a administração do seu pet shop.

7 – Certifique-se de que seu pet shop está regularizado

Faça um pente-fino e verifique se seu estabelecimento está cumprindo as exigências legais que o segmento exige. Nada pior do que se ver tendo que dispor de recursos para pagar multas e, com isso, não ter como reinvestir na loja.

8 – Faça as melhorias estruturais necessárias

Inspecione as instalações do estabelecimento, cheque a infraestrutura e observe se melhorias devem ser feitas. Não é mais o tempo de lojas que parecem que vão desabar ao menor toque ou que têm odores insuportáveis. Os consumidores buscam segurança, higiene, conforto e bem-estar, e as condições materiais do pet shop devem ser parte central da administração.

9 – Pense como cliente ao administrar seu pet shop

Olhe o seu negócio com olhos de consumidor e seja mais estratégico da administração. Foque em resultados a partir de trabalho real e não com base em estimativas e índices de mercado. O conhecimento que você tem é seu grande valor e sua grande arma, lembre-se disso!

Conheça o ritmo de compra, os perfis de seus consumidores e os produtos e serviços de que o mercado dispõe. Assim, você será capaz de estabelecer a melhor relação custo-benefício para o seu próprio negócio.

10 – Trabalhe com seu responsável técnico

Não tenha medo de exigir de seu responsável técnico uma boa performance. Afinal, é para isso que ele é pago! Não acredite que fazer vacinação aos sábados em cima de saco de ração é trabalho profissional; ele deve ser um consultor de negócios para você!

Garanto que, se você seguir essas dicas, terá um novo começar no decorrer do ano de 2017!

Assumir as rédeas de seu negócio é uma grande responsabilidade, mas, certamente poderemos encontrar o melhor caminho.

Vamos juntos?

You Might Also Like