Empresas Pet, Gestão de Empresas

Produtos e serviços de nicho? O que são?

Crescente mercado orientado para donos de gatos demonstra a expansão dos produtos e serviços de nicho. Foto: Divulgação/Aidan Meyer
Crescente mercado orientado para donos de gatos demonstra a expansão dos produtos e serviços de nicho. Foto: Divulgação/Aidan Meyer

O mercado pet, hoje, apresenta características que chamam a atenção de vários periódicos de economia e de marketing. Produtos e serviços de nicho ganham cada vez mais destaque.

O crescimento gradual e constante tem sido apontado como a justificativa para que empreendedores oriundos de vários segmentos invistam suas economias e abram pet shops. Essa realidade, no entanto, tem se revelado uma armadilha para centenas de lojas, que sequer completam um ano de existência.

Confira: Mercado pet: na mídia mais uma vez!

Muitas delas são criadas sem o menor conhecimento técnico sobre o mercado, outras apresentam problemas sérios de gestão. Há, também, as que são prejudicadas por um total despreparo emocional por parte de seus proprietários. Grande parte dos empresários se esquece de que trabalhar faz parte do planejamento para atingir o sucesso.

O mercado pet apresenta características muito peculiares, que são ignoradas por grande parte desses investidores e por muitos dos lojistas que já estão há algum tempo buscando melhorar a performance de seus estabelecimentos. Trata-se de uma miopia de marketing muito comum nos dias de hoje e muito perigosa. Aliada a ela, há uma grande dose de sentimento de autossuficiência, que pode levar a erros de gestão e posicionamento.

Uma dessas características recentes do mercado pet é o caminho natural pela segmentação. É aí que entram os produtos e serviços de nicho.

O que são produtos e serviços de nicho?

O mercado pet é um mundo macro. Dentro dele, existem vários segmentos, como, por exemplo, médicos veterinários, tosadores e lojistas. Dentro de cada segmento, temos as especialidades, ou seja, os nichos, aquelas áreas com comportamento e características muito específicas.

Um dos melhores exemplos de nicho é o crescente mercado felino, onde produtos e serviços destinados aos consumidores proprietários de gatos são disponibilizados em uma escala muito mais intensa do que há alguns anos.

Leia também: Cat Day oferece conteúdo para Cat Lovers e é sucesso

Conhecer e comercializar produtos de nicho e atuar em segmentos de nicho exige muito dos empreendedores do mercado pet. O posicionamento do empresário precisa ser mais apurado e estratégico. Ele deve estar atento a conceitos como exclusividade, atenção, segurança, responsividade, superação de expectativas, estilo e diferenciação.

Como lidar com consumidores de nicho?

O comportamento dos consumidores de nicho exige muita qualificação, visto que essas pessoas são parte de um grupo muitas vezes mal dimensionado e esquecido nas estratégias operacionais, promocionais e gerenciais do mercado pet como um todo.

São consumidores que desejam um atendimento diferenciado, pois chegaram ao ápice da especialização de suas necessidades. Seus desejos, muitas vezes, não encontram eco no mercado e se retraem, causando um comportamento oposto ao esperado.

Ou seja, o consumidor de serviços e produtos de nicho, muitas vezes, passa a comprar baseando-se apenas no seu próprio processo decisório. Nesses casos, o cliente não age mais sob a interferência do prestador de serviços ou do vendedor de produtos, pois todas as ofertas passam a ser encaradas como um possível desvio da relação de confiança desejada.

O fundamental, ao se trabalhar com nichos, é conhecer a fundo o público-alvo antes de começar a tentar vender. Dessa forma, é possível criar estratégias eficientes de promoção, divulgação e atendimento para grupos bem específicos de consumidores.

Como você encara a oferta de produtos e serviços de nicho? Deixe suas dúvidas e comentários aqui embaixo, e mãos à obra!

You Might Also Like