Donos de Animais, Saúde

Cuidados com cães braquicefálicos: guia completo

Cuidados com cães braquicefálicos. Foto: Divulgação/Mike Tinnion
Cães braquicefálicos necessitam de cuidados especiais. Foto: Divulgação/Mike Tinnion

Algumas raças de cachorro merecem atenção especial no que diz respeito à saúde. Os cuidados com cães braquicefálicos (de focinho achatado), como pug, buldogue francês, buldogue inglês, buldogue americano, pequinês, boxer, shih tzu, lhapsa apso e outros, devem ser constantes para que esses peludos tenham seu bem-estar sempre preservado. Por isso, preparamos 5 dicas que farão você entender melhor as necessidades do seu pet.

Conheça alguns cuidados com cães braquicefálicos:

  • Proteja seu pet do calor

Cachorros controlam as temperaturas de seus corpos por meio das trocas de ar. Por conta do formato de seus focinhos, cães braquicefálicos têm dificuldades naturais para respirar. Por isso, é preciso ter atenção redobrada com o calor. Não leve seu pet para caminhadas muito longas ou intensas, especialmente em dias quentes. Mantenha o peludo sempre hidratado e, caso perceba que ele está ofegante, pare imediatamente em um local fresco para deixá-lo descansar.

  • Use peitorais em vez de coleiras

Puxões na coleira são desagradáveis para qualquer cachorro. No caso de cães braquicefálicos, entretanto, essa ação pode provocar bem mais que um mero incômodo. Como a cabeça desses cachorros é mais curta que o normal, as órbitas oculares também são menores. Dessa forma, um solavanco no pescoço pode fazer com que os olhos do pet se projetem para fora. O ideal, portanto, é usar um peitoral com a guia, de modo a não provocar esse tipo de impacto.

  • Fique de olho nas alergias

Cães braquicefálicos costumam sofrer muito com alergias. Irritações, coceiras, rinite e espirros são sintomas comuns apresentados por muitos peludos. Fique atento a perdas de pelo, pele machucada, espirros além do comum e olhos lacrimejantes. Comportamentos como lambidas frequentes nas patinhas ou em outras partes do corpo também podem indicar algum problema de saúde. Caso você observe alguma coisa suspeita, leve seu amigo ao veterinário.

  • Observe o nariz do seu cão

Como está a pele do nariz do seu bichinho? Muita gente não liga quando a área apresenta alguma descamação ou crosta, o que é um erro grave. Alterações desse tipo, comuns em cães braquicefálicos, podem indicar desde simples alergias até doenças dermatológicas mais sérias. Lembre-se de evitar expor seu pet demais ao sol e use filtro solar especial para cachorros nele. Caso perceba alguma mudança no focinho, procure seu veterinário de confiança.

  • Cuide dos dentes do seu amigo

A limpeza dos dentes é um procedimento fundamental para a saúde dos cães. Raças braquicefálicas, em especial, necessitam de cuidados ainda mais constantes. Como há menos espaço na boca desses peludos, os dentes, muitas vezes, crescem de maneira desorganizada, o que favorece o acúmulo de tártaro. A falta de escovação pode levar a consequências graves, como a doença periodontal. Para saber mais sobre a saúde bucal do seu peludo, leia este post.

Cuidados com cães braquicefálicos. Foto: Divulgação/Anita Peeples

Baixe nosso Guia Prático das Raças de Focinho Achatado e conheça tudo sobre a saúde do seu pet. Foto: Divulgação/Anita Peeples

Saiba mais sobre cuidados com cães braquicefálicos

Se você gostou das nossas dicas e quer saber como evitar e tratar outros problemas de saúde que afetam cachorros braquicefálicos, faça o download gratuito do nosso Guia Prático das Raças de Focinho Achatado, dividido em duas partes. Elaborados pelo Mundo Bull, em parceria com a Adorável criatura, os e-books oferecem informação de qualidade, com o objetivo de ajudar donos de pets a cuidar melhor do bem-estar de seus amigos peludos.

Clique aqui para baixar a parte 1 do Guia Prático das Raças de Focinho Achatado.

Clique aqui para baixar a parte 2 do Guia Prático das Raças de Focinho Achatado.

You Might Also Like