Donos de Animais, Saúde

Alergia nas patinhas: 4 maneiras de evitar e combater

Alergia nas patinhas é um problema que afeta muitas raças de cachorros.

Alergia nas patinhas é um problema que afeta diversas raças de cachorros. Após um passeio, muitos peludos ficam com irritações nas almofadinhas e nos espaços entre elas. O que era para ser uma atividade totalmente prazerosa, acaba trazendo incômodo ao animal e preocupação ao dono.

Para contornar o problema da alergia nas patinhas, existem opções práticas e com baixo custo. Abaixo, listamos algumas alternativas sugeridas por diversos donos de animais. Mas lembre-se: essas dicas não substituem o atendimento veterinário.

Sempre que seu cãozinho apresentar qualquer irritação ou outro problema de saúde, leve-o ao profissional capacitado para atende-lo e tratá-lo.

  • Botinhas

O melhor caminho é sempre a prevenção. E para evitar que as alergias apareçam nas patas do seu amigo, as botinhas, ou sapatinhos, são uma boa pedida. Esteja, apenas, preparado para os primeiros usos, que nem sempre são fáceis…

Alguns cachorros têm dificuldades para se adaptar ao uso de botinhas

Fonte: pbh2.com

Apesar do estranhamento inicial, entretanto, muitos peludos acabam se adaptando e passam a usar as botinhas naturalmente. O mais importante é perceber a reação do animal. Caso fique claro que essa proteção é desconfortável para ele, busque outras possibilidades.

  • Bandagem adesiva hipoalergênica

Uma alternativa para impedir o contato direto das patas do cachorro com o solo é o uso de bandagens hipoalergênicas, vendidas em farmácias e lojas de equipamento esportivo. Como as faixas ficam mais justas que as botinhas, alguns cães se sentem mais confortáveis dessa forma. O ideal, portanto, é que você teste os dois métodos e veja como seu pet reage a cada um.

  • Óleo de coco extravirgem

O óleo de coco extravirgem é um daqueles produtos coringa, que todo mundo precisa ter em casa. Uma de suas muitas utilidades é aliviar alergias nas patinhas de cachorros.

Basta aplicar um pouco do óleo e massagear com cuidado, dando atenção especial às regiões entre as almofadinhas. Faça isso duas vezes por dia e observe se a irritação melhora. Não deixe o animal ingerir o produto.

Caso você perceba alguma piora, suspenda o uso do óleo e procure o veterinário imediatamente.

  • Sulfato de magnésio

Também conhecido como “sal Epsom” ou “sal de Epsom”, o sulfato de magnésio é outro composto muito útil no combate às alergias nas patas de cachorros. O produto pode ser encontrado em farmácias.

Para uma xícara de sulfato de magnésio, adicione cerca de 4 litros de água morna. Depois, basta mergulhar as patinhas do seu cão no líquido. Realize esse procedimento durante 10 minutos, duas vezes por dia. Não deixe o cachorro ingerir a mistura.

Caso você perceba alguma piora, suspenda o uso do sulfato de magnésio e procure o veterinário imediatamente.

Alergia nas patinhas de cachorros braquicefálicos

Os cachorros braquicefálicos (de focinho achatado) estão entre as raças que mais sofrem com alergias de contato. Entre eles estão pugs, buldogues, boxers  e muitos outros.

Cachorros braquicefálicos, como o buldogue francês, apresentam alergia nas patinhas com muita frequência.

Se você é dono de um peludo com essa característica, não deixe de conferir o guia que a Adorável Criatura preparou em parceria com o Mundo Bull. Dividido em duas partes, esse documento traz diversas informações e dicas sobre a saúde de cachorros braquicefálicos. O capítulo “Dermatite Atópica”, localizado na parte 2 do guia, tem tudo o que você precisa saber sobre alergias na pele do seu pet.

 

You Might Also Like