Comportamento

Meu gatinho arranha tudo. E agora?

Meu gatinho arranha tudo. E agora?

É muito comum ouvirmos relatos de donos de gatinhos que acabam ganhando um estilo de decoração bastante peculiar em casa em virtude das unhas nervosas de seus pets. Mas, nesse post, vamos ajudar a entender e resolver essa questão.

Primeiramente precisamos entender que o ato de arranhar é um instinto natural dos nossos amados felinos. Portanto, temos que ter em mente que não podemos mudar esse instinto, ou seja, fazer com que o mesmo seja interrompido. Além disso, no Brasil é proibido o procedimento chamado de onicectomia, o qual consiste na remoção cirúrgica das unhas dos felinos sem propósito de bem-estar clínico do pet (que bom, diga-se de passagem…).

Meu gatinho arranha tudo. E agora?

O ato de arranhar tem 2 objetivos principais:

1. Afiar as unhas

O gatinho consegue remover as partes mais antigas das unhas, promovendo crescimento saudável das unhas novas.

2. Demarcação territorial ou de objetos

Através do odor presente nas patinhas e da padronagem visual deixados pelos gatos durante a arranhadura.

Então, é mais ou menos como diz aquele ditado… “Se não pode vence-los junte-se a eles”. Sendo assim, nosso objetivo deve ser oferecer alternativas mais atrativas para os gatos do que a nossa mobília e itens de decoração.

Meu gatinho arranha tudo. E agora?

1° passo

Tirar o foco dos itens que não podem ser arranhados:

Aí vale tudo… forrar as áreas mais arranhadas com plásticos ou fita dupla face ou demais materiais que você note que não são agradáveis ao toque para o seu gatinho. Também existem substâncias específicas que podem ser aplicadas sobre a superfície da mobília com o intuito de tirar ou reduzir o interesse do animal.

2° passo

Fornecer alternativas:

Devemos recorrer aos nossos conhecidos arranhadores. Existe uma gama enorme de materiais e o sucesso dessa substituição depende de encontrar um arranhador cujo material seja interessante e atrativo para o seu gato afiar as unhas.

Meu gatinho arranha tudo. E agora?

3° passo

Tornar o arranhador mais atrativo:

Como ressaltamos, a escolha do material do arranhador é fundamental. Na nossa rotina observamos que muitos gatinhos gostam de papelão ou tecido tipo carpete, mas existem aqueles pets que apreciam os arranhadores de sisal e por aí afora (o segredo é observar e entender o que o seu gatinho prefere). Também é importante ressaltar o local onde esses arranhadores (sim, quanto mais melhor, dentro dos limites do bom senso) devem ser posicionados.

Eles devem estar bem próximos aos pontos onde o animal costuma arranhar com frequência a fim de facilitar essa transição. Vamos exemplificar: imagine só se ele está acostumado a arranhar o sofá da sala e você mora em uma casa de 3 andares, compra um único arranhador e o coloca naquele quartinho no 3° andar, o qual ninguém frequenta (inclusive o gato), de nada vai adiantar, correto?

O catnip também vai dar uma mãozinha no sentido de tornar o arranhador mais atrativo.

Espero que vocês tenham gostado do post. Aguardem que logo logo teremos mais. 😉

You Might Also Like