Comportamento

Respeite seu cão pelo que ele é: cão!

Respeite seu cão pelo que ele é: cão!

Você já parou para pensar em pequenas atitudes diárias, que acabam influenciando diretamente no comportamento do seu cão? Você quer que ele te obedeça, não sinta sua falta quando sai… Mas será que você faz a sua parte?

Veja abaixo algumas dicas que separei pra vocês, de acordo com alguns questionamentos que recebo com frequência dos meus clientes:

Deixar meu cão subir no sofá é errado?

1. Deixar meu cão subir no sofá é errado?

Não, de forma alguma. Podem subir e dormir na sua cama se isso for do seu gosto. O problema é quando o cão acha que aquele espaço é dele e começa a exigir isso.
Para que o cão tenha esse privilégio, é necessário que ele entenda que quem define e decide a hora e quando ele vai subir ou descer é você.

 

Posso dar comida do meu prato para ele?

2. Posso dar comida do meu prato para ele?

Não, dessa forma você mostra para seu cão que é permitido pedir toda vez que estiver comendo. Caso queira dar algo a ele, coloque na vasilha onde ele come. Não deixe de perguntar ao veterinário o que é permitido ou não para ele, além da ração ou alimentação natural já fornecida.

 

Meu cachorro pula em mim e nas pessoas mas eu não brigo com ele porque fico com pena

3. Meu cachorro pula em mim e nas pessoas mas eu não brigo com ele porque fico com pena, afinal ele está mostrando alegria. Estou fazendo o certo?

Não deixe seu cão pular nas pessoas. Alguns cães realmente estão mostrando sua alegria, mas com certeza estão com um nível de ansiedade elevado nesse momento.

4. E por que não podemos ensinar que ele pode ficar alegre sem precisar pular?

Você gostaria de ser recebido por mim com gritos e pulos? Só por que eu não me excedo quer dizer que não fico feliz quando vejo alguém que gosto?
Perceba que nenhum extremo é bom. Se você se preocupa com seu cão, cuide para que ele aprenda a ficar calmo e controlar a ansiedade.

 

Meu cão adora brincar de morder minha mão.

5. Meu cão adora brincar de morder minha mão. Esse ato me machuca, mas eu tenho pena de brigar com ele. O que eu faço?

Antes de tudo saiba que é muito normal cães brincarem de morder. É assim que brincam entre eles, que testam a força dos dentinhos, que testam os outros cães. Mas… Isso não quer dizer que não possamos ensinar o que pode ser mordido ou não. Redirecionar as mordidas para um brinquedo apropriado é o correto.

 

Meu cachorro não sabe ficar sozinho.

6. Meu cachorro não sabe ficar sozinho.

Sempre que eu me afasto ele vem atrás de mim e se eu fecho a porta ou saio ele chora e late. Eu não aguento e volto para acalmar o coitadinho.

Vamos antes de tudo ser honestos. Na verdade você é que não quer ficar sem ele por perto e no fundo gosta dessa relação de dependência. Sim, isso é comportamento de pessoas que gostam de ser o centro da vida do seu cão.

Então para resolver problemas de dependência extrema devemos abrir mão do egoísmo, devemos aceitar que é saudável para o cão que conheça outras pessoas, que cheire o bumbum de outros cachorros, que se suje na rua, na grama, que corra e fique com o pelo desgrenhado.
Precisa aceitar que essa bola de pelos não nasceu para ver TV ou ficar restrito a conhecer somente seu apartamento ou quintal.

Seja justo, respeite seu cão pelo que ele é: cão.

You Might Also Like