Alimentação

Meu animal de estimação pode comer alho?

Meu animal de estimação pode comer alho?

Quem oferece Alimentação Natural ou mesmo quem já leu ou viu algo sobre esse tipo de Alimentação, já deve ter se deparado com a surpresa e até mesmo com indignação de algumas pessoas que condenam veemente o uso do Alho na comidinha dos cães. Há gente que chama de maluco quem coloca, outros defendem o seu uso. Afinal, qual é a verdade?
Muito bem, vamos aos fatos: Alho, Cebola, Cebolinha e Alho Poró podem SIM fazer mal ao seu animal. Todavia o ALHO (apenas este) quando usado em quantidades recomendadas, ao invés de fazer mal, traz inúmeros benefícios a saúde dos peludos.

A verdade dos fatos

Um estudo de 11 dias com 4 cães na Universidade de Hokkaido, onde durante este tempo foram oferecidos 1 dente de alho por kilo de peso vivo do animal (uma grande quantidade! Para um cão de 12kg foi oferecida uma cabeça de alho POR DIA!) mostrou que o alho tinha o potencial de destruir os glóbulos vermelhos do sangue e causar a chamada Anemia Hemolítica pelo fato do alho conter traços de tiossulfato, substância que em alta concentração no organismo leva a essa condição.

Meu animal de estimação pode comer alho?

Em contrapartida, temos os benefícios do alho, já comprovados por diversos estudos ao redor do mundo, que são:

  • Fonte de proteína, fibra, potássio, fósforo, cálcio, sódio, Vitamina A, tiamina, niacina, taurina, zinco, riboflavina, ferro, magnésio, manganês, selênio…
  • Efeito Anti-inflamatório (alicina) ,
  • Ajuda na flora intestinal quando em doses corretas,
  • Ativa o sistema imunológico,
  • Controle dos triglicérides e colesterol,
  • Previne infestações de pulgas.

Os benefícios do alho quando oferecido em doses adequadas, são inegáveis, porém é importante observar o PORTE do seu animal.
Um Yorkshire ou Chihuahua de 2kg não deve comer o mesmo que um Dog Alemão, correto?!

Mas atenção

Alho não deve ser oferecido a filhotes em desenvolvimento ou a cães que vão passar por algum procedimento cirúrgico.
As doses adequadas para cada cão são definidas pelo nutricionista ou nutrólogo do seu animal, que também vai definir o número de vezes que o alho pode ser oferecido de forma segura.

Então pessoal, fica a dica do grande segredo: “ a diferença entre o remédio e o veneno é a DOSAGEM”. O bom senso e a ajuda de um profissional vão ajudar você a conseguir uma saúde invejável ao seu animal.

Boa sorte!

You Might Also Like